Economia

A economia do município é voltada, de acordo com dados do IBGE, para a pecuária leiteira, indústria de laticínios e prestação de serviços.  Seritinga possui cerca de 1.789 habitantes (Censo IBGE 2010) e uma área de 114,7 Km².  Pertencente à região do Circuito das águas, a cidade fica a 387 Km de Belo Horizonte, a 1.070 Km da capital federal, e tem as BR-381 e BR-267 como as principais rodovias que servem ao município. 

Confronta-se ao norte com Serranos, ao sul com Carvalhos, a leste com Andrelândia e a oeste com Aiuruoca.  Não possui nenhum outro Distrito além do da Sede Municipal.  Na área de infraestrutura, o saneamento básico da cidade de Seritinga conta com abastecimento de água em toda extensão do perímetro urbano e possui rede de esgoto em quase sua totalidade no perímetro urbano.  O município é servido pelo transporte rodoviário, contando com linhas regulares de ônibus para Varginha e Juiz de Fora.  Seus habitantes contam com serviços de atendimento médico e odontológico prestados nos postos de saúde mantidos pela Prefeitura Municipal.

O solo é fértil e propício às atividades agrícolas.  O principal acidente geográfico é a Serra de Seritinga, com 1.399 metros e a altitude mínima é na Foz do Córrego da Olaria com 986 metros.  A sede do município está situada a 1.009 metros acima do nível do mar.  Seritinga está localizada em um planalto, o relevo é predominantemente montanhoso (80%), 5% plano e 15% ondulado.  As principais elevações do município de Seritinga são a Serra de Seritinga, Serra Branca, Serra do Matuto e Serra Mato Bom.

Quanto à hidrografia, o território de Seritinga pertence à Bacia do Rio Grande.  Na rede de drenagem municipal, que é densa e bem distribuída, se destacam pela extensão, pelo menos três cursos d’água: o Rio Aiuruoca, que em longo trecho é o limite natural entre Seritinga e Serranos; o Rio Francês, que corta a área municipal no sentido sul/norte e, na margem esquerda, contém o núcleo urbano da sede municipal; e o Rio Turvo Grande, limite natural entre este município e Liberdade.  Estes dois últimos rios são afluentes do Rio Aiuruoca.